39d90219831384f1f8048e64c81bc5f5

Meditação para crianças? Sim, é possível!

Executivos, CEOs de grandes empresas, empreendedores e trabalhadores de setores estressantes vêm encontrando na meditação uma verdadeira salvadora para suas rotinas agitadas e cansativas. Isso porque meditação é uma técnica altamente recomendada para obter o autoconhecimento e melhora de concentração, assim como para diminuir o estresse.

Mas, tem gente que sequer imagina as vantagens que ela pode trazer para o público infantil. Acredite, a rotina das crianças também pode ser bastante estressante e a meditação pode fazer uma grande diferença em seu desenvolvimento.

Conforme explica a instrutora de yoga, Kali Ananda, que pratica meditação há quatro anos com crianças, meditar significa estar pleno e presente no que está sendo realizado e estimular nos pequenos o estado de presença e a consciência da respiração e do corpo E esse autoconhecimento também pode trazer diversos benefícios no presente e futuro das crianças.

Outro ponto importante é que não tem idade mínima para começar, mas quanto antes, mais fácil e melhores os resultados. “A fase primordial para estruturar um ser é dos zero aos sete anos. As experiências vividas na primeira infância deixam gravadas nas células da criança o que ela vai ser como adulto”

A professora explica também que a meditação feita com as crianças é um pouco diferente e que existe um processo de concentração para que as crianças cheguem à etapa de “sentar, fechar os olhos e observar a respiração” – algo que é muito difícil mesmo para os adultos mais avançados. “Tem muita brincadeira, música, história… Fazemos uma roda, tocamos o sino e fazemos o som do ‘om’ no começo para elas ficarem calmas, aí partimos para movimentos com o corpo e exercícios de respiração”.

Além disso, a dedicação dos pais é essencial para que a meditação faça parte da rotina da criança de uma maneira divertida. “Desde que a criança nasce podemos trabalhar o estado de presença das crianças e junto desenvolvemos o nosso também. É maravilhoso! Permita-se vivenciar o momento presente, onde a vida está acontecendo e mostre isso para as crianças. Precisamos de seres melhores e mais conscientes para mudar este mundo”, acrescenta.

Mas como fazer isso? De acordo coma professora Kali, por meio da atenção e do exemplo. “Ao invés de deixar o filho vendo televisão para “não incomodar” brinque com ele… olhe nos olhos… cante, dance, mostre como fazer e deixe que faça, que desenvolva a autoconfiança, que vença desafios, que aprenda sob o seu olhar atento”, finaliza.

Namastê!

 

ROUPAS DIVERTIDAS PARA NADAR: www.swimcolors.com.br

rodape

Deixe uma resposta